ATÉ QUE ENFIM, CAPITÓLIO!!!

Capitólio estava na nossa lista há muito tempo, mas se tornou obrigatório quando, na viagem de férias de 2016, conhecemos alguns cariocas – em cidades distintas da Região Norte –  que tinham conhecido e contaram das maravilhas do lugar, o que nos deixou envergonhados, pois é tão pertinho.
A princípio, a ideia era reservar um hotel e fazer um dia o passeio pelos cânions em lancha, conhecê-los também por cima, fazer algumas trilhas, etc.
Chegamos a reservar uma pousada para o carnaval, mas numa promoção de milhas acabamos indo para o Uruguai e deixando Capitólio para algum dos inúmeros feriados de 2017.
Um pouco antes do carnaval, recebo, por whatsapp, um convite da Ângela, esposa do meu primo Alexandre, para o aniversário dele e sua foto de perfil parecia ter sido tirada lá. Informação confirmada e curiosidade aguçada para saber qual tinha sido o esquema, que ela me adiantou como sendo show, fomos curiosos para a festa!
Foi aí que ficamos sabendo desse esquema, em que o passeio é feito num barco/casa, onde se fica hospedado todo o tempo e vai passando por vários lugares até chegar nos cânions.

Eles me passaram o contato do Beto, dono do barco, e desde já entramos em contato com ele, que se mostrou uma simpatia, sempre solícito para esclarecer nossas dúvidas (foto do Beto e esposa Diva). Junto com ele vai o Cláudio: cozinheiro, garçom e “faz tudo”, não menos simpático e solícito.

DSC04489

O barco acomoda 8 pessoas, mas cabem duas crianças ou mais na salinha. São 4 camas de casal, que ficam localizadas separadamente, e ficam isoladas por uma porta de correr na frente e cercadas lateralmente por paredes de acrílico que já são as divisórias entre elas. Existem dois armários superiores, acima de uma janelinha que não abre, e a sua mala ou mochila você pode colocar debaixo da cama.

Para você fazer essa viagem tem que fechar o valor total, mesmo que não consiga reunir esse número de pessoas, o que não é difícil, porque vale muito à pena, desde que todos não tenham frescura.
Digo isso porque o barco tem apenas um banheiro, estilo avião, que funciona por sucção. Ele é espaçoso, o chuveiro é ótimo e não dá fila, mas é importante que se reúnam pessoas descoladas.

A parte de baixo do barco tem esses 4 “quartos”, a cozinha fica junto com uma pequena sala que tem um sofá, o banheiro e uma outra pia de apoio, além de um espaço aberto onde tomamos o café da manhã.

Em cima é todo esse espaço livre, onde ficamos a maioria do tempo, e para onde a mesa e as cadeiras do café da manhã sobem para serem usadas.

Nós fomos no feriado de 21 de abril e os passageiros mudaram algumas vezes até fecharmos nosso grupo que, apesar de apenas nós dois conhecermos todos, foi um sucesso de interação!
Nesse feriado, reencontramos amigos queridos que conhecemos no Peru, Raphael, Ana Carolina e a fofa da Maria Valentina, e reunimos amigos e familiares de Belo Horizonte: Patrícia, seu filho Dudu e o namorado Ivo; Luzia, minha amiga da Ioga; e Toninho e Godoya, tios do Léo, que só puderam chegar no sábado.
Nós dois e Luzia, Rafa e família chegamos na quinta à noite a já fomos colocando o papo em dia e de manhã chegou Patty e família e saímos para navegar.

Nossa primeira parada foi numa cachoeira que fica de frente para um bar flutuante e esse local vai enchendo durante o dia. Ali nós nadamos, curtimos a cachoeira e dancamos muito ( leve suas músicas preferidas). Mais tarde vai esvaziando novamente e dormimos ali, de frente para a cachoeira (Porto Escarpas Bar Flutuante). Durante o dia o Cláudio fica fazendo um churrasquinho para nós e à noite foi servido um delicioso caldo de mandioca.

Na manhã seguinte fomos à marina buscar Toninho e Godoya, mas como chegamos cedo, aproveitamos para ir a Capitólio comprar um remédio e conhecer a cidade, bem bonitinha.

Encontramos os dois e saímos novamente, passando pela cachoeira onde estávamos para eles conhecerem e de lá fomos para outra, a do Sabiá, uma cachoeira linda, que requer uma pequena caminhada para se alcançar, mas vale à pena.

De lá seguimos navegando em direção aos cânions, com um por do sol maravilhoso e curtindo uma pipoca deliciosa!

20170422_174513

Chegamos ao cânion já noite, mas, ainda assim, o Beto nos coloca debaixo da cachoeira de dentro do barco mesmo e a experiência é fantástica, apenas eu e o Rafa tivemos coragem: foi muito bom!!! Pena que não estava mais claro, porque minha vontade era nadar depois.
Banho tomado depois da cachoeira noturna, degustamos um delicioso macarrão à bolonhesa na salinha do barco, todos bem juntinhos, já que a noite estava fria.  Dormimos ali mesmo e não via a hora de amanhecer para aproveitar esse lugar incrível.

20170422_203104

Ainda ficamos conversando e apreciando as inúmeras estrelas que só podem ser vistas em seu esplendor  num lugar desse, bem distante da civilização. Dormimos com o barulhinho da cachoeira que brota dos cânions, para acordar bem cedinho e curtir esse paraíso antes de ser inundado por barcos e lanchas.

Acordamos bem cedinho, de novo o barulho da cachoeira, mas agora podíamos avistar da janela, que visual!!! Valentina veio para nossa cama, ela não existe de tanta fofura.

Levantamos, estava ainda sem sol, frio, mas não demorou muito já estava na água e o melhor: Ela não é gelada, é super agradável!

20170423_064906

Nadamos bastante por ali, fomos à cachoeira, curtimos bastante aquela água cristalina, envolta por rochas que formam um cânion de estonteante beleza: ficamos encantados!

20170423_113754

A manhã no barco foi um pouco “tensa”, porque o banheiro estragou o sistema de sucção… Ainda bem que já era dia de voltar, mas o que poderia se tornar um caos, foi motivo de piada e, acredito, vai levar o Beto a repensar a necessidade de mais um na reforma que pretende fazer para ampliar o barco!
Como o cânion fica a 4 horas de navegação da marina nesse barco, saímos de lá por volta de meio dia, para não ficar muito tarde para retornar para casa.

No caminho de volta, churrasquinho, conversa boa, lindas paisagens e a alma renovada, pelo contato com uma natureza maravilhosa, com águas deliciosas e cachoeiras de perder o fôlego!

Obrigada Alexandre e Ângela pela dica!

Obrigada Beto, Diva e Cláudio, por cuidarem de nós. 

Já dá vontade de voltar!

Informações importantes:
Capitólio fica a 284 Km de Belo Horizonte, 453 de São Paulo e 635 do Rio de Janeiro.
A estrada está em boas condições e de BH até lá são 4 pedágios de R$5,50
A entrada para a marina fica praticamente m frente a Queijos Califórnia, logo depois da entrada para Capitólio, só que à esquerda, num galpão que fica numa rua estreita.

Indo de carro, você pode deixar o carro ali mesmo, nessa rua estreita ou tem a opção de deixar num estacionamento pago, por R$100,00. Beto nos disse que era tranquilo deixar ali e todos deixamos e não tivemos problema.
O valor do barco é por pessoa e com tudo incluído: passeio, café da manhã, almoço e jantar, além de água, sucos, refrigerantes, cerveja e duas garrafas de Wodka, que ele faz caipis.
Pagamos R$650,00 por pessoa e as crianças foram de cortesia. A Luzia que dormiu na sala pagou R$500,00.
Esses preços variam de acordo com o dia e também com o feriado que você fechar, para maiores informações, veja com o Beto: (031)99425-9275 e (011) 96848-0872
Achamos o preço justo, já repassamos para o Beto o que achamos que pode melhorar, inclusive ele aceita sugestões de cardápio para quem não curte churrasco.
Você precisa levar suas roupas de cama e banho. Não se esqueça do filtro solar, bonés, equipamentos para mergulho (se tiver), roupas leves e confortáveis, roupas de banho sobressalentes, para ficar sempre seco ou não vestir a molhada quando não secarem e o que mais você precise de uso pessoal.

20170423_111324

Anúncios

13 comentários Adicione o seu

  1. Angela almeida disse:

    Bom karla que tudo, arrasou.
    Agora vamos marcar de irmos juntas.
    Muito top

    Curtir

    1. Karla Maria Corrêa disse:

      Com certeza!!! Amamos a dica, foi tudo de bom. Obrigada mais uma vez, beijos.

      Curtir

  2. Beto disse:

    Obrigado pela confiança, pelas dicas e por tão boa companhia.
    Voltem mais vezes e positividade sempre. Bjk. Beto

    Curtir

    1. Karla Maria Corrêa disse:

      Obrigada Beto, Voltaremos com certeza!!!

      Curtir

  3. Maria Cássia Ribeiro disse:

    Que passeio lindo. Já conheço Capitólio,
    mas quero voltar, principalmente se for ficar no barco.

    Curtir

    1. Karla Maria Corrêa disse:

      Quero muito voltar já, vamos combinar!!!

      Curtir

  4. Karla Maria Corrêa disse:

    Cássia, foi tudo de bom, vamos voltar sim!!!

    Curtir

  5. Andrea disse:

    Uau que lugar maravilhoso!!! Já indico esse passeio mesmo sem conhecer, mas um dia irei com certeza!!!
    Excelente post, parabéns querida, você é demais!!!

    Curtir

    1. Karla Maria Corrêa disse:

      Mais lindo ficaria com vocês! Espero vocês para irmos juntos, vai ser muito bom. Obrigada, beijos!

      Curtir

  6. Ana Carolina disse:

    Lugar lindo .
    Mais tento entrar em contado do Beto por esse tef ele não respondeu mesg,já ligamos e não dá

    Curtido por 1 pessoa

    1. leorpl disse:

      Deve estar no barco sem sinal. O telefone é esse mesmo

      Curtir

  7. nelma disse:

    Ahh finalmente uma nova postagem! Hahahah
    Havia visto fotos de uns conhecidos cariocas nesse local, aí de repente o Leo mostra que está no mesmo lugar. Aí pronto, vi as fotos artísticas que vocês fazem,tudo lindo,parece perfeito! fiquei encantada! E o pacote que vocês fecharam pareceu muito bom. Quem lê aqui, fica na vontade de ir. Rs obrigada por compartilhar! Abração!

    Curtir

  8. Eiiii, Karlinha!!! que estímulo esta viagem…obrigada por compartilhar!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s